Alerta aos enfermeiros que desejam ir ao Canadá (e a todos outros também)

Esta semana o telejornal Bom Dia Brasil veiculou uma matéria falando sobre um recrutamento de enfermeiros e outros profissionais da área de saúde, que o Governo do Canadá estaria fazendo no Brasil.

Engraçado que logo após a veiculação deste vídeo, meu blog teve um aumento considerável de acessos, coisa que estranhei. Minutos depois, alguém manda um link da reportagem numa das listas da qual faço parte e logo depois alguns enfermeiros postaram algumas perguntas aqui e então entendi tudo.

Quis escrever sobre este assunto essa semana, mas estava sem tempo pois acabara de voltar de férias e tinha muita coisa pra botar em ordem. Entretanto, achei um post em um outro blog que tem uma linha de pensamento bem parecida com a minha.

Antes de postar o link porem, deixo duas considerações:

É preciso saber falar francês. Ponto Final. Para começar o processo é preciso ter pelo menos o nível básico. Começar o processo é só o primeiro passo na vida de imigrante, a brincadeira só começa aqui e acredite: só com o nível básico não se consegue emprego aqui no Canadá, principalmente como enfermeiro. Quem quer trabalhar aqui nesta área tem que falar francês melhor do que português. Fica a dica.

Outra coisa bem importante, o fato de terem milhares de vagas de emprego aqui, para profissionais de qualquer área, não implica que uma vez aprovado no processo de imigração você terá um emprego garantido. Ter um emprego aqui depende única e exclusivamente de você.

Agora sim, o link:

http://wellsuzcanada.blogspot.com/2011/04/imigracao-propaganda.html

Se tiverem alguma dúvida, poste um comentário. Seja específico :)

177 responses to “Alerta aos enfermeiros que desejam ir ao Canadá (e a todos outros também)”

  1. gostaria de ir para o canada sou enfermeiro tenho uma esperiencia em centro cirurgico,esterelização

  2. Gabriela says:

    Olá Pedro!
    Acabei de conhecer seu blog e gostei mto do q vi. Eu sou enfermeira e já tem um tempo q pretendia imigrar p o Canadá, mas algumas coisas aconteceram e tive de deixar o sonho p um outro momento. Mas graças a Deus, esse momento chegou e já iniciei o curso de francês na Aliança francesa. Na verdade eu estou atrás de informações sobre uma prova que fazem os enfermeiros q tentam a imigração. Tem como ter acesso a alguma prova passada? Teria como vc me mandar por e-mail ou me dizer como posso chegar a esse material?
    Desde já agradeço,
    Gabriela

    • Pedro says:

      Oi Gabriela, que bom que gostou do blog, fico feliz quando alguém dedica um tempinho para dizer sua opinião sobre o que escrevo aqui.

      Então, sinceramente eu não faço a mínima idéia de que prova seria essa. Se você estiver se referindo à prova do exame de ordem para poder exercer a profissão aqui no Québec eu tenho quase certeza que você não irá encontrar uma cópia dela na internet. Fora esta prova, eu desconheço que exista alguma prova no processo de imigração em si.

      Maiores informações sobre como fazer para exercer a profissão no Québec, só no site da ordem: http://www.oiiq.org/.

      Abraços.

  3. Nilva says:

    Boa noite Pedro

    E após todo esse processo, realmente quem trabalha como enfermeiro no Canadá realmente compensa financeiramente falando?

    Obrigada

    • Nilva says:

      ….sou concursada em uma cidade pequena, mas as vezes penso que deveria ir embora para ganhar um pouco mais, pois o salário aqui não é bom… além de ter intenção de continuar os estudos… por isso tenho que pesar o que compensa mais.

      • Pedro says:

        Acho que a parte financeira é uma das grandes motivações para imigrar, mas não deve ser a única, até porque ninguém vai ficar rico aqui sendo empregado. Pode-se ganhar bem e ter um bom padrão de vida, mas é isso.

    • Pedro says:

      Nilva, você tem nível superior ou técnico? Para nível superior, acho que financeiramente compensa e, claro, salário vai depender de sua experiência. No início, é bem provável que você não tenha um bom salário aqui, mas a tendência é sempre melhorar. Você já deu uma lida no outro post onde eu falo sobre os salários de enfermagem?

  4. Carlos Campos says:

    Boa noite Pedro.
    Gostei do seu blog pois eu e minha esposa estamos dando inicio ao processo de imigração.
    Ela é enfermeira entao creio que para ela vai ser mais facil arrumar um emprego no começo gostaria de saber se você sabe qual a melhor cidade para conseguir um emprego de enfermeira? Estive pensando na cidade do Quebec ou Montreal o que voce acha melhor.
    Um abraço vou começar a frequentar mais o seu blog.

    • Pedro says:

      Olá Carlos,

      Aqui na província do Québec, tanto Montréal como a Cidade de Québec são boas opções. Eu não conheço exatamente como está o mercado de enfermagem, mas vocês podem dar uma olhada no site da Ordem dos enfermeiros para ter uma idéia e para começar a se inteirar. Procure também blogs de enfermeiros que já estão aqui, talvez eles tenham mais informações.

      Se tiver mais alguma dúvida, é só escrever.

      Abraços.

  5. dalva says:

    Pedro, no momento estou desempregada. Mas estudando e aproveitando esse tempo pra investir no françês, tem algum problema de dar entrada no dossiê desmpregada? tenho como comprovar meus oito anos de exercício. sou enfermeira graduada. grata

  6. dalva says:

    Olá, gostaria de te perguntar algo quanto ao preenchimento do dossiê: Meu esposo sou casada civilmente teve 4 filhos com outra pessoa há 7 anos atrás, mas nunca foi casado com a ex-parceira. Tenho que colocar no dossiê os nomes dos filhos dele ou somente de nossa filha atual (1 filha) que irá acompanhar? grata

    • Pedro says:

      Acredito que os filhos devam ser mencionados sim. Agora, eu te aconselho a escrever para o escritório de imigração do Québec para tirar esta dúvida, deste modo, você terá a resposta correta.

  7. Denis matos says:

    Pedro parabéns pelo blog!!! Minha esposa ta tentando me convencer a enfrentar esse desafio, ela tem 23 anos e é formada em enfermagem, eu tenho 25 anos, e sou formado em educação física e atuo como professor em escolas. Diante de todas essas informações postadas por vç !!! É possivel adquirir um padrão de vida satisfatório para nossa família??? Ah ia esquecendo, tenho um filho de 3 anos, quais seriam as vantagens e desvantagens quanto ao processo de adaptação dele relacionado ao estuco e a cutura do país???

    • Pedro says:

      Denis, eu acho que vocês tem tudo para ter uma vida feliz e tranquila aqui no Canadá. Tanto você quando a sua esposa vão encontrar emprego nas respectivas áreas. Quanto ao seu filho, pode ter certeza que ele vai assimilar a cultura e os idiomas melhor e mais fácil que vocês dois. Mesmo se ele já estiver grandinho, as escolas aqui têm classes especiais de adaptação e em pouco tempo ele já vai estar se comunicando em francês / inglês e vai poder frequentar as aulas normais. Não fiquem inquietos e não demorem muito a começar o processo.

      Abraços e boa sorte.

  8. douglasl says:

    como vai voçe tudo bem vi seu blog agora e gostei muito queria saber de voçe como ficaria meu caso estou formando graduaçao em enfermagem agora e ja tenho 38 anos queria saber se ainda existe alguma possibilidade de imigraçao ou se ja passei da conta peço lhe que em responde no meu email ireia agaguardar sua resposta muitogratoe fique com deus

    • Pedro says:

      Douglas, faça o teste online no site do Escritório de Imigração do Québec em São Paulo. Só ele vai poder dizer se você tem chances ou não. Abraços.

  9. FABRICIO AUGUSTO says:

    Caro Pedro como vai?
    Sou enfermeiro e tenho uma grande duvida?
    tenho alguns conhecidos em Vancouver e arranho o ingles ou seja e basico,mas fico na duvida, em Quebec mesmo tendo que encarar um frances de que nada sei,nao seria mais proveitoso pelo mercado de trabalho…

    • Pedro says:

      Fabrício, de modo geral existe uma demanda grande de profissionais da área de enfermagem em todo o Canadá, não se restringe ao Québec. Com isso em mente, você tem que ponderar fatores como: custo de vida na cidade onde você pretende morar, salário médio naquela cidade, trabalhar em inglês x francês, qual processo de imigração fazer: federal x Provincial (Québec), facilidade (ou dificuldade) de entrar para Ordem dos Enfermeiros da província… Se você optar pelo Québec você vai ter que falar bem francês (e inglês se tiver trabalhando em Montréal). Em geral o salário é bom, já ouvi relatos de enfermeiros ganhando $100.000 por ano, o que é excelente, mas não é, definitivamente, a média salarial.

  10. Paula Modesto says:

    Bom dia, Pedro. Tudo bem?

    Estou terminando a faculdade de enfermagem agora no final de 2012 e sempre tive vontade de sair do pais para aprender mais. O que você me aconselha a fazer? dar entrada nos documentos agora? é possível começar o processo antes de ser formada? Que site posso entrar para conseguir essas informações?

    Abraços

  11. Milena says:

    Olá!
    Gostaria de saber algumas coisinhas rs..sou recem formada e aqui no Brasil ta um pouco dificil de conseguir emprego, gostaria de saber como funciona para trabalhar como enfermeira no Canadá??? Tem q saber falar ingles/frances mesmo? Eles oferecem moradia? Pois ouvi boatos rs q eles ofereciam td…ate o curso de idiomas!
    Aguardo resposta.
    Atenciosamente.

    • Pedro says:

      Olá Milena, pra trabalhar como enfermeira aqui você vai ter que: passar pelo processo de imigração, o que no seu caso vai ser mais fácil pois sua profissão tem alta prioridade; e fazer equivalência de estudos para poder ser aceita pela ordem dos enfermeiros. Além disso, obviamente, você já vai ter que falar francês e/ou inglês muito bem. Só pra poder imigrar você já vai ter que ter pelo menos um nível básico de francês, se você optar pelo Québec, ou inglês caso queira ir pra outras províncias. Os boatos, como o próprio nome já diz, são só boatos :) Não existe isso de oferecer moradia, o máximo que pode acontecer é caso você escolha ir mora numa cidadezinha longe dos grandes centros urbanos, eles podem te ajudar a procurar um apartamento ou até providenciar seu transporte de um grande centro pra lá. Mas quem vai trabalhar pra pagar o aluguel é você. Aqui nada é de graça, a não ser os cursos de idioma (francês no caso do Québec) que o governo oferece. Abraços.

  12. Barbara says:

    Olá Pedro, fiquei muito contente por encontrar seu blog, pois estou a procura de informações concretas a respeito da imigração no Canadá. Sou estudante de Enfermagem e estou no último ano, já comecei um curso de inglês e tenho muito interesse em trocar de país. Ainda não possuo experiência na área (pois não concluí a graduação ainda) e gostaria de saber se você pode me dizer como tudo isto funciona, quais são minhas chances e como posso colocar este sonho em prática. Estou cheia de dúvidas.

    Obrigada!

    • Pedro says:

      Bárbara, você já deu uma olhada neste post do meu blog? http://www.pedrosilva.com.br/blog/imigrar-para-o-quebec/. Dê uma lida, inclusive nos comentários, você terá uma boa noção do processo. Se você tem chances? A resposta é sim. Para colocar este plano em prática: Se formar, começar a trabalhar para ganhar alguma experiência, começar a estudar francês, caso queira vir pro Québec ou inglês caso queira fazer o processo federal. Depois de ler as informações que do post, se tiver mais dúvidas é só entrar em contato.

      Abraços.

  13. Gustavo Santana says:

    Oi, tudo bom? Tentei achar seu email mas não encontrei. Vai por aqui mesmo. Trabalho com TI mas minhaárea é LInux. Não tenho muito experiência em carteira de trabalho, mas tenho certificações Linux. Quanto tempo você acha em média que dá para conseguir um emprego?

    • Pedro says:

      Gustavo, você é administrador de sistemas? Administrador de Redes? Essas duas áreas têm sempre oportunidades aqui, e conseguir emprego depende única e exclusivamente de você. Eu conheço gente que conseguiu emprego em menos de um mês estando aqui, mas cada caso é um caso. Abraços.

  14. Michelle Flávia says:

    Oi Pedro,parabéns pelo blog e site.Tenho uma dúvida e te agradeceria se puder me ajudar,eu sou formada em fonoaudiologia e também tenho o curso Técnico de Segurança do Trabalho,na sua opinião qual dessas duas áreas é mais fácil eu arranjar algum emprego em Quebec-Canadá?

    • Pedro says:

      Michelle, na minha opinião as duas não são fáceis, mas eu não tenho muita informação para poder te ajudar. Recentemente conheci uma brasileira que também era formada em Fonoaudiologia e ela me contou que demorou quase dois anos para poder obter a licença para trabalhar na área. Teve que estudar de novo e fazer estágio. Com relação à Segurança no Trabalho, eu não faço idéia de como seja esta área aqui… Já tentou procurar por blogs de pessoas que são destas áreas? De repente eles podem ter mais informações.
      Abraços.

  15. Atelio says:

    Boa tarde Pedro conheci seu blog hoje parabéns.
    Tenho algumas duvidas, sou estudante de Farmácia e Bioquímica e gostaria de saber se eu poderia continuar o meu curso ai de onde eu parei e se talvez consegueria um estagio remunerado na área ou ate mesmo um emprego.
    Obrigado ate logo

    • Pedro says:

      Atelio, eu acho pouco provável que consiga. O curso de farmácia aqui tem nível de Doutorado, para listar só uma das diferenças. Agora, cada caso é um caso. Não quero te assustar, mas a realidade aqui para a área de saúde é bem diferente da do Brasil. Abraço.

  16. Amnada Cordeiro says:

    Muito legal Pedro seu blog. Nos ajuda a diminuir um pouco as angústias de quem estar do lado de cá e sabe pouco do que acontece de fato.O brigada por nos ajudar.

    • Pedro says:

      Olá Amanda, obrigado pelo feedback. Tento ajudar na medida do possível e dos meus conhecimentos, que bom que tem sido útil. Abraços.

  17. Keyla Ramalho says:

    Ola Pedro, nossaaa muito , muito bom o seu blog parabéns, espero que esteja tudo bem por aí. Sou enfermeira e eu e meu esposo temos em mente imigrar para o Quebec. Lendo o seu blog já pude ter uma idéia muito boa sobre o processo e tal. Gostaria de saber sobre a chance de imigrar após os 35 anos. Já fiz o teste do site da imigração, deu resultado positivo, mas ainda fico em dúvida sobre isto. Eu tenho 34 e meu esposo 35, você sabe se temos chance? Outra dúvida é, vi no seu blog que você imigrou primeiro, como funciona se eu e meu esposo quisermos imigrar juntos? No caso é minha profissão que está em demanda , ele também tem que saber francês ou só eu que terei que falar bem?Desculpe ter sido tão longa :) Um abraço Keyla

    • Pedro says:

      Keyla, para o processo de imigração, 35 é a idade limite para obter o máximo de pontos na categoria idade. A cada ano que passar 2 pontos são subtraídos, até zerar. Neste caso, as chances existem mas diminuem com o passar do tempo, então, quanto mais rápido começar melhor.

      O ideal é imigrar todo mundo junto. No meu caso, imigrei antes porque conheci minha esposa quando já estava no final do processo e se eu quisesse incluí-la eu teria que recomeçar o processo. No caso de imigrar todo mundo junto, você seria a requerente principal já que sua profissão está em demanda e seu marido entra como conjuge. Ambos tem que saber francês, o ideal é que os dois tenham o mesmo nível, mas pelo menos você teria que se garantir, caso ele não fale bem.

      Espero ter ajudado. Abraços.

  18. Ana Maria says:

    Olá Pedro!Tudo joinha?Muito legal seu blog, bastante informativo, gostoso de ler e me anima cada vez mais a ir morar no Canadá!Bom…sou formada em Turismo, e meu marido da área de TI. Você sabe me dizer como é a área de turismo para conseguir um trabalho?Obrigada!
    Um abraço,
    Ana

    • Pedro says:

      Ana Maria, em que exatamente você quer trabalhar? Em hotéis? Agencias de viagens? Outras coisas? Eu conheço algumas pessoas desta área, todos empregados, uns em posições um pouco melhores do que outros.

      Pelo que tenho acompanhado da experiência deles, fluência nos idiomas inglês, francês e até espanhol tem sido definitivos para se conseguir uma boa colocação.

      Abraços.

  19. Alicia Almeida says:

    Oi Pedro, parabéns pelo blog!

    Sou enfermeira há 3 anos, tenho inglês fluente e quero imigrar para British Columbia.
    Sei que antes de fazer a prova da Ordem dos Enfermeiros terei, provavelmente, que estudar cerca de um ano para ter a equivalência do diploma.

    Considerando esse tempo “parada” lá, vc acha que devo entrar com pedido de imigração antes ou depois de pedir a validação do diploma?
    Ou deveria ir estudar esse período com visto de estudante e depois pedir a imigração?

    Obrigada!!

    • Pedro says:

      Alícia, a validação do diploma é feita depois de imigrar, com você já aqui no Canadá. Esta é a regra geral. Pode ser que você até consiga começar esta validação aí no Brasil, mas pra isso você já tem que ter o visto de imigrante ou estar no processo. Tem que ver se a ordem dos enfermeiros de BC possibilita isso.

      Pensando nisso, você tem que se programar para viver um tempo em Vancouver trabalhando em outra área ou juntar um dinheiro pra se manter sem trabalhar.

      Abraços.

  20. leonardo says:

    Oi Pedro! Então,lendo os posts resolvi obter algumas informações sobre o assunto. Sou enfermeiro,possuo experiência e nível básico em inglês,tenho 25 anos e tenho vontade de morar em um outro país. Mas,vc acha que realmente compensa no meu caso? Obrigado.

  21. Danilo s vaz says:

    olá, Pedro meu nome é Danilo tenho 19 anos. tenho uma duvida, sou Formado em aux e téc de enfermagem. e estou fazendo graduação de enfermagem “chefe” primeiro eu devo ir até o pias e procurar em prego la na minha área ou devo ir em uma agencia daqui do brasil.

    • Pedro says:

      Danilo. A ordem é a seguinte: 1) Fazer o processo de imigração 2) Com o visto nas mãos vir para o Canadá 3) Regularizar sua situação para poder trabalhar 4) Procurar emprego 5) Começar a trabalhar. Não existe agência no Brasil que te coloque num emprego (de enfermagem) aqui. Abraços.

  22. kaliana says:

    Oi Pedro, sou enfermeira há 12 anos aqui no RN, tenho 34 anos, sempre tive vontade de mudar para o Canadá, fiz 2 anos de inglês aqui, tenho facilidade de entender inglês escrito, um pouco de dificuldade para entender inglês falado, mas tb nunca estive no exterior, quero saber quais procedimentos devo seguir para conseguiremprego na minha área no Canadá, sou solteira, sem filhos, você acha q tenho alguma chance? Tenho isso como meta mas não falo francês.

    • Pedro says:

      Olá Kaliana, acredito que você tenha chances mas para se certificar faça uma avaliação online no site do Ministério de Cidadania e Imigração do Canadá (http://www.cic.gc.ca). Se você quiser mesmo vir pra cá vai ter que correr atrás, melhor muito seu inglês porque o processo vai exigir proficiência no idioma.

      Abraços.

  23. kaliana says:

    Sim! Maior parte de minha experiência é em saúde pública, trabalho em unidade básica de saúde.. desde já obrigada!

  24. Ludmila Vieira Miranda says:

    Olá
    gostariade cursar emfermágem no canada, quebec, mas tenho 37 anos e gostaria de pedir a imigração lá mesmo, já tenho noção da pontuação necessaria em frances e de muitos outros detalhes, mas nao quanto à minha idade.

    • Pedro says:

      Ludmila, normalmente os cursos da área de saúde aqui são reservados para quem é cidadão ou já é imigrante. Informe-se para se planejar melhor. Abraços.

  25. márcia says:

    Bom dia Pedro, gostaria de saber se o curso de francês da aliança francesa é bom. Sou enfermeira e gostaria de trabalhar no Canadá ou EUA. Na sua opinião qual dos dois lugares seria mais fácil de conseguir emprego?

    • Pedro says:

      Márcia, não sei dizer sobre os EUA. Canadá eu sei que tem bastante vaga para Enfermeiros, sobretudo os brasileiros. O curso da AF é bom sim, mas se você puder faça um curso de francês voltado para o Québec. Abraços.

  26. graciana says:

    oi Pedro adorei seu blog pois e bem direto estou terminando o curso de letras frances na UFPB e o superior de enfermagem e sempre tive vontade de morar no canada por causa da segurança e qualidade de vida! que eu gostaria de saber como seria o proscesso imigratorio para minha familia?eles iriao entrar com visto de turista ou permanente? sabe me informar algo?desde ja agradeço sua atençao

    • Pedro says:

      Olá Graciana, primeiramente, defina a sua família: você + cônjuge + filhos(as) ou você + pais + irmãos(ãs) ?

  27. daniel says:

    eu estudo ingles a um ano e o canada e um sonho antigo como eu faço pra migra pro canada
    ja procurei em tudo na net e vc pareçe ser a ultima chançe qui tenho desde ja agradeço.

  28. Lidiane Barroso says:

    Boa noite Pedro Says, sou enfermeira e casada com um educador musical, vc acha que para a área de educação tem vagas como para enfermagem? e se possivel qual a média de salario para educação?
    Obrigada!

    • Pedro says:

      Olá Lidiane, acredito que na área de educação as oportunidades sejam menores do que em enfermagem. No que diz respeito a salário, não faço a mínima idéia de quanto ganhe um professor aqui.

  29. cleide says:

    Boa tarde apedro!!!!!gostaria de saber se há dificuldade em se arrumar emprego sem experiencia,pois aqui no Brasil,trabalho como aux. de enfermagem e ai gostaria de trabalhar como enfermeira…terminarei no final de 2013……

    • Pedro says:

      Cleide, na verdade você já tem experiência :) só que como auxiliar. Só com esta experiência você já conseguiria trabalho aqui. Depois de terminar a faculdade as possibilidades são ainda maiores pra você. Mas saiba que não é só chegar aqui e já trabalhar, ainda é preciso entrar pra Ordem dos Enfermeiros e talvez seja preciso estudar um pouco mais, mas com dedicação todo mundo chega lá.

  30. cleide says:

    esquecioiii…quanto ganha o enfermeiro ai…é em dólares????bjus valeuuuuu

  31. Paula says:

    Olá Pedro! Gosto muito do seu blog e através dele você tem me ajudado a planejar minha imigração com os pés no chão!!! Gostaria então que você me orientasse, se possível. Eu e meu esposo planejamos enviar nosso dossiê para o escritório de imigração em abril de 2014 (antes que eu perca mais 2 pontos na idade…), estamos estudando francês e temos consciência de que não iremos ficar ricos só porque mudamos de país, estamos imaginando que realmente será difícil a fase de adaptação (em todas as suas facetas), não somos dois jovenzinhos (tenho 36 e meu esposo 46), mas nosso perfil profissional se encaixa nas exigências para imigração, além disso voltar a estudar está nos nossos planos e não temos medo disso, no entanto minha preocupação é a seguinte: o empregador canadense contrata imigrantes com qualificação profissional para funções distintas da área de formação? Exemplo: conseguirei trabalhar como garçonete enquanto revalido meu diploma ou terei que gastar minhas economias para me sustentar e permanecer desempregada até poder trabalhar na minha área?? Desculpe a pergunta lonnnnnga!!rsrsrs Desde já obrigada.

    • Pedro says:

      Olá Paula, sim se você precisar exercer alguma atividade temporária fora da sua área, e que não exija qualificação (ex.: trabalhar como garçonete) fique tranquila que o pessoal aqui contrata sem problemas.

  32. Karine says:

    Olá Pedro, obrigada por disponibilizar o seu tempo colocando esses posts que ajudam outros que pretendem ir para Canadá. Tenho lido seus posts, pois desde o ano passado tenho pretendido imigrar para o Canadá, mas tenho avaliado se realmente compensa, pois penso não para ganhar mais, mas devido a insegurança que vivemos no Brasil, não posso fazer meu ciclismo e tão pouco andar a pé. Sou enfermeira e meu esposo é médico, já vi quanto a imigração da enfermagem e já soube que posso entrar com pedido da ordem de Quebec por aqui. São as provas de conhecimento da língua e outra de enfermagem. Mas não encontrei nada para o médico, gostaria de saber se você sabe como é para os médicos aí. se tem como fazer prova de residência aí e como é a validação do diploma. Obrigada!

    • Pedro says:

      Karine, infelizmente, a razão pela qual você não encontra nada sobre médicos imigrantes é que médicos formados em outro país quase nunca, com raríssimas exceções, conseguem exercer a profissão aqui no Canadá. É meio desanimador, mas esta é a realidade.

  33. joaldo says:

    Oi, vou começar meu curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas(3anos), você pode me dizer realmente como ta o mercado para minha área. Sou nativo no Francês(estudei dos meus 3anos aos 10anos na Guyana Francesa) e Inglês bem Básico.Pretendo ir com 1ano de experiência.

  34. Kayra says:

    Olá Pedro,
    você sabe me informar em quanto tempo mais ou menos um enfermeiro consegue validar o diploma e conseguir um emprego no Quebec?
    Obrigada

    • Pedro says:

      Uma amiga que é enfermeira demorou mais ou menos 1 ano e meio depois de ter imigrado pra conseguir trabalhar. Ela teve que fazer alguns cursos complementares na Faculdade. Essa é a única informação que tenho.

      • flavia says:

        Ola Pedro, boa tarde, td bem? Essa semana li uma reportagem sobre o governo do Canada, estaria precisando de Fonoaudiólogos. Sou Fonoaudióloga, 8 meses de formada, mas experiencia em varias areas da minha formacao. Falo pouco ingles, faco curso, comecei ha 1 mes, mas entendo mais do q falo. Sou casada, tenho uma filha de 6 anos, meu esposo fala ingles. Como seriam as minhas chances p imigrar,vc sabe me informar? Na reportagem diz q p minha area remunera se bem, isso e fato? Obg.

  35. Olga carpi says:

    Olá Pedro! Parabéns pelo blog! Sou enfermeira e já morei em vancouver, você sabe se pra imigrar pra lá preciso do francês? Não quero ir pra Quebec de jeito nenhum! Sabe como é esta questão? Ou so tem vagas para lá mesmo? Obrigada pela ajuda!

    • Pedro says:

      Olga, não venha para o Québec :) Sério, tem vagas em todo o Canadá. E, não, para ir para BC você não precisa saber uma única palavra em Francês!!

  36. Maiara says:

    Oi, Pedro, tudo bem?

    Primeiro queria dizer que seu blog é bem interessante, voltarei mais vezes. Parabéns!
    Tenho uma dúvida, será que você saberia solucioná-la? Sou veterinária recém formada e, pelo que andei lendo, pra que eu possa exercer minha profissão no Canadá, eu precisaria fazer a validação do diploma. Pelo que li também, é um processo muito difícil e oneroso. Na enfermagem, você precisou fazer essa validação? Ou você exerce com seu diploma aqui do Brasil? Obrigada desde já!

    • Pedro says:

      Maiara, eu não sou enfermeiro… Mas sim, os enfermeiros precisam fazer validação, alguns matérias na faculdade, fazer uma prova e aí sim estarão aptos a trabalhar. No caso de enfermagem, para trabalhar você tem que fazer parte da Ordem dos Enfermeiros.

  37. Paula says:

    Oi Pedro, ja estou quase com o pé no Québec. Estou me apaixonando pelo frances cada vez mais, mas eh claro ainda falta pra chegar la. Sou enfermeira mas zero experiência. Já recebi os formulários da ordem. Minha dúvida eh: como eu não tenho experiência nenhuma, isso implica no sucesso da minha carreira ai? Já ouvi muito q eles só comecam a te valorizar como profissional tendo experiência do Canada. Pelo o q vc tem vivenciado com os seus amigos, vc percebe que a enfermagem eh algo q eles realmente valorizam ou nem eh td isso? O brigada

    • Pedro says:

      Paula, enfermagem é uma profissão que tem demanda de mão de obra e costuma ter uma boa valorização. Agora, defina “ser bem valorizado”? É ter um bom salário? É ter boas condições de trabalho? Com certeza o trabalho de uma enfermeira aqui é bem mais tranqüilo do que no Brasil. O fato de você não ter experiência talvez não tenha impacto, de toda sorte, você provavelmente terá que estudar, fazer prova, estágios até poder trabalhar.

  38. Brenda Antunes says:

    Pedro o seu Blog é sensacional!!
    Gostaria de tirar uma dúvida. Faço pedagogia, e estou fazendo curso de inglês. Gostaria de saber se para esta área eu tenho possibilidade de emprego no Canadá?
    Estou querendo começar a fazer curso de francês também.
    Desde de já agradeço.
    E parabéns pelo BLOG.

    • Pedro says:

      Brenda, eu não conheço muito esta área de pedagogia aqui não… me parece que para trabalhar como professor o processo é meio complicado, tem que fazer validação de diploma, depois fazer duas provas de idioma (francês – no Quebec) e tirar uma nota muito alta. Isso é tudo o que sei…

  39. Aline says:

    Olá Pedro. Gostaria de uma opinião tua. Sou técnica de enfermagem, trabalho na área alguns anos e tenho inglês avançado, Andei pesquisando e achei uma empresa para saber maiores detalhes da possibilidade de atuar como caregiver. Porém, não tive um bom feeling em relação à eles.
    Tu sabes indicar uma empresa que faria esse tipo de consultoria? Todos os depoimentos que achei foram de enfermeiros padrão, que não é o meu caso.
    Um abraço, continuarei na pesquisa….
    Aline

    • Pedro says:

      Aline, infelizmente não conheço nenhuma empresa nesta área… Mas sendo técnica, você pode aplicar para o processo de imigração mesmo sem ter vaga de emprego garantida e se virar aqui.

  40. Rebeca Bello says:

    Boa tarde Pedro, Estou a 2 anos de me formar em enfermagem e gostaria de começar a me preparar para sair do brasil, estou gostando muito de quebec. o que me indicaria?

    Estou um pouco perdida e em dúvida.

    • Pedro says:

      Rebeca, sinceramente, hoje se eu fosse imigrar eu não viria para o Québec. Eu procuraria outro lugar ;) Você tem chance ainda, vá para o lado inglês.

  41. Tábata says:

    Oie Pedro! Sou formada em Assistente Social, tem muita procura de trabalho nesta área? No Québec e em outras cidade?
    Tenho 29 anos, a idade conta muito pelo menos na minha área?
    Aguardo sua Resposta. Abraço

  42. Priscila says:

    oi pedro !!!! é verdade que as oportunidades para enfermeiros formados já estão em baixar no Quebec, quero dizer , não são mais tão fáceis de consegui!!!! porque? desde já agradeço e seu blog é show!!!!

  43. Martin Gritsenko says:

    Pedro,

    Moro no Canadá desde Agosto de 2013. Vim para fazer pós doutorado. Ja conhecia um canadense quando vim aqui em 2010 e resolvemos morar juntos. Tenho todos os documentos daqui e sempre moramos juntos desde que mudei para cá ano passado.
    Me casei com ele mas tenho que voltar ao Brasil pois pelo acordo com a Capes quem fica aqui 1 ano com bolsa de estudos tem que voltar para o Brasil por 1 ano. Eu tinha pedido extensão do meu visto de trabalho pela UofT e consegui. Tinha pedido um waiver para a Capes para permanecer aqui e não consegui: ou fico aqui e pago a minha bolsa de estudos ou volto para o Brasil. Nao tenho como pagar o valor de 1 ano que fiquei aqui, por isso voltarei para o Brasil em Novembro e vou esperar lá. O problema é que ainda não apliquei para meu PR.
    Minha dúvida: Meu partner (Spouse pois casamos aqui no Canadá) pode aplicar para meu PR eu estando no Brasil e ele aqui? Eu ainda tenho visto de trabalho válido ate Abril de 2015, mas irei deixar o Canada em novembro de 2014. Se puder me explicar o que devo fazer eu te agradeço.

    Martin

    • Pedro says:

      Martin, eu acho que você tem duas opções: 1) tentar que o seu parceiro faça um processo de sponsor para você, neste caso seria até o ideal ele estar aqui no Canadá e você no Brasil porque o processo anda mais rápido ou 2) você tentar imigrar, tendo em vista que você fez doutorado aqui no Canadá, e tendo você já um visto de trabalho. No segundo caso, eu não sei se ele pode fazer por você, mas por via das dúvidas você pode entrar em contato com o CIC que eles tiram todas as suas dúvidas.

      • Cristina says:

        Oi Pedro. Sou enfermeira e meu esposo matemático atualmente fazendo mestrado na área. Temos idades menores que 35 anos e 4 filhos. Estamos interessados em morar no Canadá. Atualmente tem oportunidade de trabalho para as duas áreas?

        • Cristina says:

          Oi Pedro…. aqui é Cristina do poster acima novamente. Porque em algumas respostas você fala pra não ir pra Quebec? O mercado de trabalho na enfermagem está saturado por lá é?

          • Pedro says:

            Resposta curta e rápida para a sua pergunta: não vale mais a pena vir pro Quebec. 1) O processo não é mais vantajoso em termos de custos e 2) Existem outros lugares com mais atrativos econômicos e mais tolerância com imigrantes.

        • Pedro says:

          Ola Cristina, na sua area com certeza tem muitas oportunidades. Na parte de matemática teria que ver exatamente o que seu marido é especializado, entretanto não conheço nada neste mercado.

  44. Fabryne Lorencetti says:

    Boa noite! Dando uma pesquisada sobre o assunto, li em um artigo que é preciso ter formação universitária (para o nível superior). Essa informação procede? Ou ser formado já basta? Pois meu namorado está cogitando a questão de imigrar, após terminar a faculdade e casarmos. Porém ele faz enfermagem em uma faculdade (reconhecida pelo mec), não universidade. Vc sabe algo à respeito?
    Também sabe me informar se eu consigo entrar no país com facilidade, mesmo sem um emprego em vista?

  45. Boa noite Pedro, parabens por seu blog, tenho 22 anos sou tec de enfermagem e sou casado, minha mulher é pianista, queria saber se tem algum problema na imigracao o caso de ser-mos casados, obrigado pela atencao.

  46. Roh says:

    Pedro, vc disse “Existem outros lugares com mais atrativos econômicos e mais tolerância com imigrantes.”
    Tipo Vancouver? Outro mais?

  47. Elaine Souza says:

    Olá, Pedro
    Parabéns pelo seu blog e toda ajuda que nos tem dado
    Já tenho 40 anos, e uma boa experiencia na área, sou concursada em uma cidade no interior…Gostaria de saber se pela minha idade há campo de trabalho no Canadá.

    • Pedro says:

      Elaine, pra trabalhar sim… o problema é que antes você precisa fazer o processo de imigração e o processo tem um limite de idade. Acho que com 40 anos as chances são pequenas de passar…

  48. Natallie says:

    Oi Pedro. Sou fonoaudiologa e até comentei num post de uma colega que disse que tb era…Gostaria de saber o que você sabe sobre essa profissão para imigrar e o que eu poderia fazer. Desde já agradeço e parabens pelo blog

  49. anderson says:

    Oi Pedro. .. tudo bem? Parabéns prelo blog! Então sou enfermeiro. . Hoje trabalho na Itália na área de Medicina de urgência. .. tenho 37anos. .. minha formação é brasileira. .. Gostaria de imigrar para o Canadá porque sempre foi uuma coisa que quiz fazer. ..tive oportunidade de vir para a Itália sempre pelos processos de imigração. . Mas cansei daqui. . Bem resumindo. … teria eu dificuldade de arrumar emprego aí mesmo falando francês fluente ecc… Obrigado. .. Anderson

    • Pedro says:

      Anderson, cada casa é um caso e o seu parece ser bem específico. Eu não acho que você tenha dificuldade de conseguir emprego aqui, principalmente com toda a bagagem que você tem, mas os passos que você vai ter que tomar para tal só a Ordem dos Enfermeiros daqui pra decidir. De toda sorte, primeiro você tem que fazer o processo de imigração e em seguida contactar, que vai analisar seu caso e dizer o que você precisa fazer. Quem vem formado do Brasil em geral passar por um curso de adaptação e em seguida faz o exame da ordem e tá apto pra trabalhar.

  50. Alessandra says:

    OI, Pedro, adivinha, sou enfermeira. Mas queria ir ao Canadá fazer uma pós graduação, você conhece alguém desta área que pudesse me dar uma luz sobre os processos, qual pós é melhor etc? Penso em conseguir o título de nurse practioner, queria saber qual a viabilidade disso, e só conversando com alguém de lá! Obrigada pela atenção e parabéns pelo blog!! =]

    • Pedro says:

      Alessandra, estudar aqui no Canada como estudante internacional costuma ser muito caro. Considere ainda a diferença de conversão entre Real e Dólar Canadense e isso pode ser inviável a depender de suas condições financeiras. Pelo que andei lendo, o programa de nurse practioner é um mestrado, então em teoria a depender de onde você for estudar você vai ter que validar seu diploma na universidade, ter um certificado de proficiência ou em inglês ou em francês e outros quesitos que a universidade determinar. Cada caso é um caso. Eu até conheço algumas enfermeiras aqui, minha esposa mesmo está fazendo faculdade de enfermagem atualmente, mas eu não sei se elas teriam conhecimento especifico sobre pos graduação para te ajudar. Por que você não procura junto à própria universidade? Em tempo, algumas universidades que oferecem o curso de nurse practioner aqui:

  51. raquel says:

    Olá Pedro,muito bom seu blog! Sou enfermeira,e tenho um sonho enorme de ir embora para o Canadá.Estou estudando inglês,e gostaria de saber por onde começo esse processo de imigração.Quanto de dinheiro se terá que desembolsar até o desembarque no Canadá?

    • Pedro says:

      Raquel, o primeiro passo é conhecer o(s) processo(s) de imigração existentes. Cada processo vai ter requisitos diferentes e pode ser ou mais fácil ou mais difícil para o seu perfil. Em geral existem ferramentas de avaliação online que te dirão imediatamente quais são as suas chances de passar no processo de imigração. O segundo passo, uma vez que você começou o processo de imigração é saber o que você precisa fazer para trabalhar como enfermeira na província que você escolheu morar e se preparar para dar entrada junto à ordem dos enfermeiros correspondente.

  52. Aline says:

    Olá, tudo bem?
    Procurei alguns sites, mas vi o seu e achei interessante, mas confesso que ainda não li mais postagens. Pedro, ainda sou graduanda em enfermagem aqui no Brasil, mas tenho dúvidas a respeito da formação, e queria uma sugestão, seria melhor terminar meu curso aqui e depois procurar e seguir para o Canadá a procura de trabalho, ou continuar (se tiver disponibilidade) o curso quando já estiver lá em alguma faculdade, ou ainda, formar aqui no BR e depois fazer a faculdade lá novamente ( pois são métodos de ensino diferentes, e teria a experiencia de conviver com profissionais que poderiam me auxiliar na busca de emprego)? Se puder sanar minhas dúvidas agradeço muito. Abraço

    • Pedro says:

      Aline, au acho que a única alternativa na verdade é se formar aí e fazer o processo de imigração e depois validação dos seus estudos aqui. Os cursos da área de saúde em geral são reservados ou pra cidadãos ou para residentes permanentes, você vindo como estudante internacional acho que não daria para estudar aqui. Outra alternativa seria tentar algo como o Ciências sem fronteiras e cursar um pedaço da sua gradução aqui.

  53. maxmyllyan barreto says:

    Ola, gostei do teu blog mesmo com o pouco tempo que tenho exercendo a minha função de policial militar em pernambuco, sou estudande de enfermagem ainda no 8ºperiodo terminando o ano que vem, adoraria entra neste pais maravilhos e continuar meus estudo pois aki n temos incentivos e para estudarmos nem a propria corporação nos da o tempo necessario, queria saber de como entrar neste pais n falo inglês fluetimente, mas ja fiz um curso gramatical de 4 anos tenho uma certa noção agradeço qualquer orientação

    • Pedro says:

      Maxmyllyan, infelizmente para estufar enfermagem aqui, ou qualquer outra profissão da área de saúde, é preciso ser residente permanente ou cidadão canadense. No seu caso você teria que terminar o curso aí e depois entrar com o processo de imigração para poder vir pra cá.

  54. Ana says:

    Olá Pedro, estou tentando trabalhar no Canadá, mesmo sendo enfermeira, gostaria de tentar para qualquer outra função, entende.
    Já tenho experiência na área aqui no Brasil, e não é esse o meu foco. Quero mesmo é sair do Brasil, e trabalhar fora.
    Me dá uma dica …por onde começo… Obg

    • Pedro says:

      Pra você o mais fácil é fazer o processo de imigração como enfermeira, já que é uma profissão em demanda. Recomendo que entre em contato com algum enfermeiro brasileiro que esteja morando aqui (tem varios) para que eles possam te assessorar.

  55. Lara says:

    Ola,gostaria de agradecer todas essas informações,e gostaria de tirar uma duvida por favor,falo francês fluente,morei em Paris por 10 anos,hoje moro no Brasil, sou técnica em enfermagem e gostaria de imigrar para o Canada com meus filhos,e minha duvida é se eu conseguiria trabalho com o curso técnico ou tem que ser o superior,a intenção seria trabalhar e cursar o superior ja no Canada,voce sabe me dizer se tem essa possibilidade?

    • Pedro says:

      Lara, faz muito tempo que não vejo como anda o processo, mas da última vez que chequei não tinha nenhuma restrição com relação à técnico em enfermagem. Aconselho você a dar uma lida para ver a que pé anda.

  56. Aline says:

    Bom dia Pedro,
    Tenho pensado em imigrar para o Canada, sou enfermeira especialista em transplantes, você sabe me dizer se aí essa area está crescendo ou é consideravel?

    Iniciei o curso de ingles, no Quebec a lingua exclusiva é o frances, mas e em outras cidades??

    Grata desde já
    PS: Parabéns pelo site

    • Pedro says:

      Aline, enfermagem de um modo em geral é uma profissão que ainda tem muita demanda por profissionais. Para ser enfermeira aqui no Québec obrigatoriamente tem que falar francês. Em outras províncias basta ingles.

      • Lucilia O. says:

        Olá, Pedro!
        Gostei bastante de seu blog, trouxe informações valiosas a mim e acredito que a muitos interessados em mudar de vida ou ao menos, buscar uma perspectiva melhor.
        Sou formada em enfermagem e minha experiência é totalmente em home care: tenho 41 anos, sou enfermeira e meu esposo é PM em SP. Nem precisa dizer mais nada, né? Estamos esperando nosso primeiro filho e batalhando pra viver, mas a violência urbana e a corrupção predominante (até nos processos seletivos!), nos deixa um pouco desanimados. Então, estamos a fim de arriscar: vamos partir para a análise de uma nova oportunidade, verificando os sites que vc mencionou para depois, investir num curso de idiomas e apostar mesmo na partida para outro país. Fico triste em pensar tanto em abandonar nosso país, mas parece que quanto mais se trabalha, mais somos feitos de bobos e ludibriados pelo governo, sem nenhum retorno social…Obrigada por se empenhar tanto em esclarecer tantos brasileiros sedentos por uma vida melhor. Forte abraço!

  57. joyce says:

    ola pedro…
    sou tecnica de enfermagem tenho 32 anos.. casada tb com tecnico.ele com 27 temos bastante experiencia na area..
    tb tenho 2 filhos 1 fora do casamento..
    estamos estudando ingles para uma possivel oportunidade ai..poderia mr passar passo a passo do que fazer para migrar e
    acredita que temos chances??

  58. Léo says:

    Fala, Pedro… Cara, minha esposa é formada em enfermagem aqui no Brasil (ensino superior). Para exercer a profissão no Canadá, ela precisaria fazer novamente a faculdade de enfermagem no Canadá? Caso não, você sabe o que é necessário? Grato!

    • Pedro says:

      Léo, ela não precisa fazer faculdade de novo, mas vai precisar fazer equivalência, fazer alguns cursos complementares, fazer exame da ordem e aí estará apta a trabalhar. Ah, a depender de qual província vocês decidam morar ela vai precisar falar ou francês ou inglês. Para uma orientação mais adequada eu recomendaria que vocês procurassem um blog/site de algum enfermeiro brasileiro que esteja morando aqui no Canadá, vai ser bem mais fácil e objetivo para vocês.

  59. ADRIANE says:

    Bom dia,
    Tudo bem querido ?
    Gostaria de me informar se existe a função de tec em enfermagem no Canadá, estarei concluindo meu curso em 2016 e tenho nível avançado de língua francesa. Infelizmente tenho recebido informações desencontradas, o processo de seleção é similar ao do enf. graduado?
    Desde já, muito obrigada.
    Adriane

    • Pedro says:

      Aqui no Québec existe a função de Técnico de Enfermagem, entretanto tenho ouvido falar que quem é técnico está sendo orientado a fazer um curso complementar para virar bacharel em enfermagem. Sobre processo de seleção não faço a mínima idéia.

  60. Maria Salete says:

    MARIA SALETE
    Pedro boa noite
    tudo bem?
    Terminei minha faculdade em fevereiro. Tenho 50 anos a minha idade seria negativa para migrar para Québec?
    Tenho também um filho de 23 anos que esta terminando Teologia ele teria alguma chance de trabalho?
    Desde já muito obrigada. Maria Salete

  61. Marcelo Cavalcante says:

    Olá Pedro! Primeiramente parabéns pelo blog é ótimo. Sou técnico de enfermagem, vc acha que ai consigo como técnico? também estou na graduação de enfermagem, quero primeiro fazer inglês, ou vc acha melhor começa pelo francês? teria mais chances? se tiver facebook passa ai. obg

    • Pedro says:

      Marcelo, acredito que como técnico seja possível imigrar também. Sobre o idioma, depende de qual província você queira vir. Se for Quebec tem que falar francês.

  62. Jéssica says:

    Olá Pedro, gostei muito do seu blog. Tenho uma dúvida, tenho curso superior em Tecnologia em Radiologia, sou pós graduada em Tomografia e Ressonância Magnética, porém não atuo na área, pois também sou técnica de enfermagem.
    Gostaria de saber se somente com o técnico de enfermagem eu conseguiria iniciar o processo de imigração ou se realmente é necessário ter o superior em enfermagem. Por eu ter curso superior em outra área, sendo da saúde também, eu conseguiria tendo objetivo de trabalhar com enfermagem. Sabe se tem procura também por profissionais da área de diagnóstico por imagem?
    Obrigada, beijos.

    • Pedro says:

      Jessica, até onde eu sei da pra imigrar sendo técnico em enfermagem. O melhor mesmo é você dar uma olhada nos sites de imigração do governo para saber exatamente o que eles estão pedindo. Sobre a parte de radiologia eu não faço a mínima idéia, desculpa. Dá uma pesquisada no google, algo como “radiology canada” ou “radiology quebec” ou “radiology ontario” pra saber se alguma coisa util aparece.

  63. Solange Moreira da Costa says:

    Bom dia,
    Bom dia Pedro,
    Tenho pensado em imigrar para o Canada, sou tec. em enfermagem a mais de 10 anos e estou no nono período de graduação em enfermagem isso facilitaria alguma coisa para mim no Canadá, como funciona? Essa parte, qual a idade exigida tenho 47 anos?
    Desde já, muito obrigada

    • Pedro says:

      Solange, idade é importante sim. Antigamente, você recebia pontuação máxima até 35 anos e, depois disso, a pontuação caia 2 pontos para cada ano a mais que 35. Procure se informar nos sites de imigração do governo do Canada para saber exatamente quais são os requisitos e se você tem chances. Pela profissão eu diria que sim, mas tem que avaliar todo so seu perfil para saber o resultado.

  64. Solange says:

    Sou enfermeira há 8 anos trabalhando em pronto socorro e em clínica pré e pós cirúrgico! Hj busco algo novo pra minha vida ! Um novo lugar para viver com maior segurança ! Seria uma ótima opção

  65. Davi Timotio da Silva says:

    Ola boa noite… Gostaria de saber como faco pra me cadastrar meus documentos para enfermeiros no Canada

    • Pedro says:

      Procure se informar como é o processo de imigração no Canada, nos sites oficiais dos ministérios de imigração.

  66. Jeniffer Rocha says:

    ola

    Gostaria de saber do mercado de enfermagem em Vancouver e como chegar ate la (processo de imigração, validação do diploma).

    Grata

    • Pedro says:

      Jennifer, não faço a mínima idéia de como seja o mercado em Vancouver. Melhor procurar algum brasileiro que mora por lá.

  67. shirla says:

    BOM DIA PEDRO, GOSTARIA DE LHE PARABENIZAR PELO OTIMO TRABALHO DESENVOLVIDO NO BLOG!
    GOSTARIA UM AUXILIO…
    SOU ENFERMEIRA GRADUADA E TENHO EXPERENCIA NA AREA, DECIDI JUNTO COM MEU ESPOSO PELO SONHO DE IMIGRAÇÃO! LI DIVERSOS POSTS SOBRE COMO PROCEDER SOBRE A VALIDAÇÃO DO DIPLOMA NÉ, MAS GOSTARIA DE SABER SE VOCE TEM ALGUM CONTATO DE ENFERMEIROS QUE REALIZARAM ESTE PROCESSO PARA ASSIM PROPORCIONAR DICAS E ORIENTAÇÕES DE COMO DESENVOLVER. OUTRA QUESTAO SERIA SE O PROCESSO DE IMIGRAÇÃO SERIA MAIS FACIAL FAZER PELA PROFISSÃO? OU OUTRA FORMA. Ah estou estudando ingles, afinal não sou fluente, voce aconselha ter primeiro o diploma de proficiencia para assim dar inicio também ao processo ou não com o basico ja consigo? grata

    • Pedro says:

      Shrila, até onde eu sei não existe outra forma de imigrar a não ser pela profissão. Sim, atualmente você precisa ter uma certificação em ingles ou francês para poder fazer o processo.

  68. Rafaela says:

    Oi Pedro.
    Primeiramente parabéns pelo blog!
    Tenho 24 anos,sou fluente em inglês e
    me formo em Fonoaudiologia no final de 2016, e quero imigrar para o Canadá no ano que vem. Gostaria de saber se posso trabalhar no Quebec com meu diploma de fono do Brasil ou se preciso validar. Seria necessário fazer o mestrado para validar o diploma e poder trabalhar?
    Obrigada desde já:)

  69. Pedro, obrigado pelas informações; foram muito proveitosas.

    Saberia dizer se há alguma atividade (trabalho) que o técnico de enfermagem pode exercer no Canadá enquanto não revalida o seu diploma?

    Forte abraço

    • Pedro says:

      Antonio, acredito que seja possível fazer algum tipo de “estagio” em hospital, mas não sei dizer exatamente como funciona este processo. O melhor seria você entrar em contato com algum enfermeiro que esteja aqui que eles vão poder te assessorar melhor neste quesito.

  70. mauro says:

    Bom dia Pedro.Sou técnico de enfermagem a 18 anos,bombeiro civil e palestrante de primeiros socorros.Estou fazendo enfermagem de nível superior.A principio me chamou atenção ir para o Canadá após minha conclusão de curso.Oque vc pode me dizer a respeito?

    • Pedro says:

      Mauro, acredito que você esteja no caminho certo. Veja qual processo de imigração mais se adequa ao seu perfil e comece já a estudar francês ou inglês para ganhar tempo.

  71. Boa Noite. Me chamo Chrisley. Sou formada na área técnica em enfermagem e gostaria de saber como funciona a questão da área nos EUA e Canadá?

    • Pedro says:

      Chrisley, no seu caso seria mais interessante tentar entra em contato com algum enfermeiro que esteja aqui no Canadá ou que esteja nos EUA. Eles vão ter mais informações pra te dar. Dá uma procurada no google, aposto que você vai encontrar muitos blogs sobre o assunto.

  72. Gisele says:

    Oi Pedro,tudo bem?
    Adorei o post ,eu não sou da área ainda ,eu falo inglês e vou passar um ano na França estudando Francês,tentatei faculdade lá,mas minha 2 opção é o Canadá .Como funciona para obter visto de estudante para Auxiliar e superior enfermagem? Canadá não tem bolsas ,o custo é elevado?

    • Pedro says:

      Gisele, cursos na área de saúde aqui no Canadá são voltados exclusivamente para cidadãos ou residentes permanentes. Infelizmente não é uma opção para alunos estrangeiros.

  73. rfranciscoleandro@gmail.com says:

    Pedro bom dia! e parabéns belo blog. sou enfermeiro a pouco tempo e tenho experiência como tec. em enfermegm ,tenho o sonho de morar no canada. tenho curso básico em inglês. e cuido de idosos também. existem famílias que contratam enfermeiros para cuidar de seus familiares ou so para trabalhar em hospitais? muito obrigado

  74. Jéssica says:

    Olá Pedro,
    Sou formada na faculdade de enfermagem em 2012, mas tenho experiência apenas na área administrativa, o que chamamos aqui de enfermagem do trabalho. Você acha que isso pode impactar negativamente já que não tenho experiência assistencial?
    Pretendo ir para as províncias que não sejam do Quebec, tenho curso completo de inglês que me formei em 2009, esqueci de alguns itens mas acho que alguns meses estudando no Canadá e eu retomo bem o inglês fluente.
    Obrigada e parabéns pelo blog!

    • Pedro says:

      Olá Jéssica, acho que não teria problema algum para o processo de imigração, entretanto, acho que trabalhar na área administrativa aqui só com alguns anos de experiência. Então caso você venha, prepare-se para botar a mão na massa.

  75. Ingrid says:

    Olá Pedro, estou encantada com seu blog, estou dando os primeiros passos na ideia de passar uns anos aí no Canadá, meu esposo esta fazendo faculdade de engenharia civil e eu estou concluindo administração, mas fiz o curso técnico de enfermagem e trabalho na área ha 10 anos, ainda estamos amadurecendo a ideia de morar fora, não falamos inglês ainda nem francês, mas faremos um bom curso se decidirmos mesmo ir, o seu blog será meu aliado até lá, tem informações ótimas, fiquei feliz em saber que há boas chances de conseguir emprego como tec. de enfermagem. Muito obrigada por todas as informações.

  76. Carmen Lúcia says:

    Oi Pedro, acabei de conhecer seu blog, e gostei muito do que li, a respeito das repostas a algumas perguntas feitas aqui, isso pela sua sinceridade em dizer que não sabe responder a certas perguntas feitas, com isso percebi que você é de confiança, e que posso sem medo continuar acompanhando seu blog, pois tbm tenho a intensão de algum dia migrar para o Canadá. Eu terminarei a faculdade de enfermagem neste semestre, vou me organizar juntamento com meu esposo fazer um curso de inglês, e quem sabe até mesmo o francês, e começar os tramites para a imigração, se Deus quiser. Um abraço.

    • Pedro says:

      Olá Carmen, acho que você está no caminho certo. Foco no aprendizado dos idiomas e em ter alguma experiência profissional na área também porque isso é importante para o processo de imigração. Boa sorte!!

  77. Monique Curi says:

    Olá Pedro!
    Sou Monique, formada com nível superior em Enfermagem. Tenho pós graduação sob a forma de residência em UTI e 03 anos de experiência na área. Trabalho atualmente na UTI neurológica de um grande Hospital. Estou com planos de imigrar para o Canadá no início de 2018. Estou fazendo um curso de inglês por aqui, mas meu inglês ainda precisa melhora muuuuito. Venho juntando grana para imigrar. Sou solteira e não tenho filhos, 29 anos.
    Tenho preferência por províncias que falem inglês. Não sei por onde começar, se o mais interessante seria inicialmente imigrar para estudar inglês. se seria interessante após melhorar o inglês fazer uma pós na área ou aplicar para um visto de trabalho. Estou completamente perdida sobre por onde começar. Venho pesquisando na internet, mas se você tiver informações que possam clarear algo para mim serei extremamente grata!

    • Pedro says:

      Monique, acho que o caminho seria primeiro você conhecer o processo de imigração. No site do ministério de imigração do Canadá isso está tudo bem documentado. Além disso, algumas províncias oferecem algum tipo de processo diferenciado de imigração, neste caso o interessante seria você entrar no site do governo de cada província e ver se tem algo específico para enfermeiros. Vir pra cá pra estudar tem que ser seu último recurso porque cursos universitários aqui são muito caros.

  78. Adrielly says:

    Olá boa
    Noite! Tenho muitas dúvidas e estou pensando em se arriscar rsrs, me formo agora em
    Dezembro em graduação de enfermagem ,,, e já queria começar tentar o preparado de migração , você sabe me dizer se irei
    Necessitar de experiência profissional para conseguir um emprego por aí .. ou eles aceitam profissionais revêm formados ? Mt obrigada desde já .

  79. Josy says:

    Pedro Boa noite
    Gostaria de entender melhor..o idioma do Canadá não seria o inglês?

    • Pedro says:

      Josy, o Canadá oficialmente tem dois idiomas: Inglês e Francês. Francês é o idioma oficial da província do Québec, enquanto que todas as outras províncias tem o inglês como idioma oficial. Exceção a esta regra é a província do New Brunswick, que é bilíngue.

Leave a Reply